logo png fundo 3

Threads – A Nova Rede Social

“Segue a thread”. Quem diria que essa frase tão comumente usada no Twitter se tornaria o novo nome do inimigo? Ontem (06/07), a Meta, empresa dona do Facebook, Instagram e WhatsApp, lançou o Threads, nova rede social com o mesmo propósito e funções do Twitter. Rumores sobre uma plataforma da Meta para rivalizar com a do passarinho azul já circulavam há meses. Inclusive, foram tais rumores que inspiraram Elon Musk, atual responsável pelo Twitter, a desafiar o CEO da Meta, Mark Zuckerberg, para uma luta de MMA no Octógono de Las Vegas. Desde o momento em que surgiu, o Threads concentra mais de 30 milhões de usuários, mesmo ainda não estando disponível em todos os países. A intenção de Mark Zuckerberg, CEO da Meta, é atingir mais de 1 bilhão de usuários – marco que nem o Twitter conseguiu.
Mark apagou esse post de sua conta, no Threads
Saiba tudo sobre a nova rede social que pretende derrubar o Twitter de vez! “Segue a thread ”

Conheça o Threads

Como comentamos acima, a rede social possui as mesmas funcionalidades do Twitter. Na timeline aparecem os posts de quem você segue e de conteúdos sugeridos. Você pode escrever (em até 500 caracteres, mais do que o Twitter permite), curtir, comentar e republicar posts, comentando-os ou compartilhando diretamente. Pode, inclusive, postar fotos e vídeos. E o melhor de tudo é que você pode repostar seus conteúdos do Threads nos stories do Instagram. Você pode importar todas as informações do seu perfil do Instagram. Quanto aos seguidores, assim que você cria o seu perfil na rede social, você pode seguir as contas que já seguia no Instagram – inclusive, seguir quem ainda não aderiu à nova tendência.

Dá para apagar a conta no Threads sem perder a conta do Instagram?

Não, não dá para apagar sua conta no Threads e deixar o insta intacto. Mas uma alternativa é desativar a conta no Threads. Também não dá para ter uma conta apenas no Threads, sem ter antes uma conta no Instagram. Isto acontece porque a nova rede social é um “braço” da plataforma de fotos, inclusive, a plataforma é associada ao Instagram como uma tática, já que o Facebook não é mais o produto mais forte da Meta.

Fim do Twitter?

O perigo do Threads para o Twitter é que as bilhões de contas do Instagram e Facebook são facilmente convertidas. Isso garante um crescimento rápido e mais fácil para o Threads. Resta saber se essa rede vai ser uma febre ou veio, de fato, para ficar. Ainda mais por conta dos fatores negativos que o Twitter vem agregando, desde que Elon Musk se tornou o responsável pela rede social. O primeiro a incomodar foi o selo de verificado, que passou a ser cobrado. A última notícia que incomodou diferentes usuários foi a limitação para visualização de tweets, anunciada em 01/07. A justificativa para a decisão é para que a plataforma possa lidar com “níveis extremos de extração de dados e manipulação do sistema”. Esse limite aumentará, com o passar do tempo. Outra notícia que aborreceu muitos foi que a extensão TweetDeck funcionará com assinatura.

Controvérsias do Threads

O que muitos usuários têm reclamado sobre o Threads é o fato da timeline conter conteúdos de perfis que eles não seguem e que muitas vezes não tem a ver com o que eles preferem consumir. Outra crítica é a ausência de algo similar aos Trending Topics – os assuntos mais comentados do Twitter. O feed e a ausência de assuntos mais discutidos já estão na lista de melhorias da Meta, segundo Adam Mosseri, chefe do Instagram. Então podemos esperar soluções em breve! O que muitos têm comentado é que o app é uma cópia do Twitter – inclusive Elon Musk e o criador do Twitter, Jack Dorsey. E não seria a primeira vez que a Meta “incorpora” alguma função, já que o Reels foi uma função para rivalizar com o TikTok que permanece até hoje.  As acusações de semelhança foram encaradas com deboche por Mark Zuckerberg, que tuitou depois de dez anos ausente, com um meme do Homem Aranha.

https://twitter.com/finkd/status/1676747594460962817

Porém, de acordo com o Semafor, portal de notícias dos EUA, Elon Musk quer mover uma ação legal contra a Meta, alegando que ex-funcionários que continham informações valiosas e confidenciais foram roubados para a criação da plataforma.

E você, já aderiu ao Threads? Se você gostou desse conteúdo, você pode encontrar mais em nosso blog!

Compartilhe nas Redes Sociais

Se conecte com a
G office 360

Posts Recentes

Onde estamos?

©2023 – Todos os Direitos Reservados Para G Office 360.